mona monixa menina lagartixa, mona monixa mona monixa menina lagartixa em: histórias, aventuras, palavras, exposições, amigos, histórias, fotografias rasgadas, papeis amassados, reflexos, manhãs de domingo, arteterapia, dança, dicas, viagens, ruas de pedras, indiadas, referências, movimento, arte, poeira da estrada, momentos perdidos, música, telas, novidades, links, curiosidades, tempestade de raios, enfim, um pouco de tudo e de tudo um pouco... ...about mona carvalho, sejam bem vindos!


















mona em álbum fotográfico
no
boneca de trapos







mona carvalho:
formada em licenciatura plena em educação artística - artes plásticas - especialização em arteterapia - curadora de artes visuais - atua também como curadora independente - atual diretora da escola preparatória de dança da cia. municipal de dança de caxias do sul.


m o n a c a r v a l h o - curadoria independente


para contatar curadorias: mcarvalho@caxias.rs.gov.br/curadoriaindependente@gmail.com


msn: mona.monixa@hotmail.com










curadoria independente:
a Curadoria Independente de Mona Carvalho trabalha com atividades ligadas a produções artísticas. A curadoria envolve: consultoria/assessoria de projetos, realização de exposições, informações de editais e prêmios, assessoria de imprensa/comunicação, arte gráfica, textos críticos, release e convites.


Mona Carvalho - Curadoria Independente

Curadoria Independente - Promovendo Arte












links.amigos

catraca
sigma666
gica nenem
nith du lac
cristhian caje
tabasko [taloco]
suuuuuuuu
gázi azi azi azi áazi
laine, uhh baiiibe, gislaine
joao gordinho radiafônico
rafael drambros com olhos sobre tela
wwwánessa q me ensinou a dizer salsixsha
grazi, a alemão
fran
mimi giron
leomara valente
stela medeiros
comédia em stand by
zamo tamay
depois das 11
Kika
...já foi: arquivos passados!

... segundos, minutos, horas, dias, meses e anos que se foram...

  • Abril 2004
  • Maio 2004
  • Junho 2004
  • Julho 2004
  • Agosto 2004
  • Setembro 2004
  • Outubro 2004
  • Novembro 2004
  • Dezembro 2004
  • Janeiro 2005
  • Fevereiro 2005
  • Março 2005
  • Abril 2005
  • Maio 2005
  • Junho 2005
  • Julho 2005
  • Agosto 2005
  • Setembro 2005
  • Outubro 2005
  • Novembro 2005
  • Dezembro 2005
  • Janeiro 2006
  • Fevereiro 2006
  • Abril 2006
  • Maio 2006
  • Junho 2006
  • Julho 2006
  • Novembro 2006
  • Janeiro 2007
  • Fevereiro 2007
  • Maio 2007
  • Julho 2007
  • Agosto 2007
  • Fevereiro 2008
  • Março 2008
  • Maio 2008
  • Julho 2008
  • Outubro 2008
  • Dezembro 2008
  • Janeiro 2009
  • Fevereiro 2009
  • Março 2009
  • Abril 2009
  • Maio 2009
  • Junho 2009
  • Julho 2009
  • Agosto 2009
  • Setembro 2009
  • Novembro 2009
  • Dezembro 2009
  • Janeiro 2010
  • Março 2010
  • Abril 2010
  • Maio 2010
  • Junho 2010
  • Julho 2010
  • Agosto 2010
  • Outubro 2010
  • Novembro 2010
  • Dezembro 2010
  • Abril 2011
  • Julho 2011
  • << current

    um pouco de tudo e de tudo um pouco

    literatura



    guia dos curiosos
    beco dos livros
    baixar livros
    hilda hilst
    mensagem subliminar
    universo
    discovery channel
    discovery brasil
    egito
    vikings
    resumo de livros
    machado de assis
    carlos drummond de andrade
    nelson rodrigues
    academia brasileira de letras
    new journalism
    taoismo
    gothic art
    maquina de escrever
    pedra branca
    livros falados
    live jounal

    cinema


    cinema e dvd
    cinema em cena
    gnc cinemas
    south park studios
    amelie poulan
    curta o curta
    curta agora

    arte


    leonardo da vinci
    michelangelo
    picasso
    van gogh
    salvador dali
    museu virtual
    mark ryden
    fotos
    foto site
    foto 306
    curso b?sico de fotografia
    desenhos loucos
    desenhos loucos 2
    desenhos lindos
    beco das imagens
    explodingdo
    sincronias
    psyco
    olhares falam
    anne geddes
    artur fidalgo
    upgrade do macaco
    pinacoteca sp
    museu afro
    mapa das artes
    I’mito: Zapping Zone
    gentil carioca
    la biennale
    mapa das artes
    parkid

    música


    radio flamenca
    ouça pacco de lucia
    ouça camaron de la isla
    jimmy page's symbol
    radios
    jazz
    beatles classic rock
    letras beatles

    diversos


    fbi
    gothsannymous
    barbie
    unkymoods
    piranha cd
    humanos
    ryanorourke
    beco diagonal
    babilonia hype
    dedu??es via internet
    freak show
    full sreen
    relentlessdivas
    carcasse
    gotico
    goth industrial electro
    bedeteca de lisboa
    chili com carne
    glenat
    lambiek
    moda
    sonhos
    meio e mensagem
    creative
    hipp
    a place poa
    takahata
    senac
    mangue vivo
    see enigma
    beleza pura
    plante
    beleza inteligente
    trabalho sujo
    revista bala
    cabeza marginal
    rainbow
    monas
    como estou hj
    spectorama
    torpedo claro
    torpedo vivo
    mkzdk
    portley michael
    leary
    all tv
    anna nova
    chicken head
    mix brasil
    glurt
    espadas y serpientes
    gecko
    image bank
    doe com um click
    click fome
    Designando
    The Dreamers
    orisinal
    happy tree friends
    mamut
    adeus computador
    malvados
    banheiro feminino
    mona lisa
    pixar
    charge online
    asterix
    calvin e hobbes
    dc comics
    garfield
    marvel
    chuveiro songs
    kamasutra
    cowboybooks
    flyguy
    snoopy
    spawn
    tiras turma da monica
    jogue tomate
    linhuagem surdo-mudo
    coleções
    digite rapido

    fotologs

    Fotolog Nith
    Fotolog Aurelio
    Fotolog Dj Lu Vargas
    Fotolog da Monixa
    Fotolog da Gica
    Fotolog da Kriz Niggaz
    Fotolog gustaf
    Fotolog forgottendoll
    Fotolog nith
    Fotolog Vlad

    fotos europa, america latina e outros

    clique aqui

    adornos

    mimi giron

    Meu nome , Mort. Ed Mort. Sou detetive particular. Pelo menos isso e o que esta escrito numa plaqueta na minha porta. Estava sem trabalho ha meses. Meu ultimo caso tinha sido um flagrante de adulterio. Fotografias e tudo. Quando nao me pagaram, vendi as fotografias. Eu sou assim. Duro. Em todos os sentidos. O aluguel da minha sala - o apelido que eu dou para este cubiculo que ocupo, entre uma escola de cabeleireiros e uma pastelaria em alguma galeria de Copacabana - estava atrasado. Meu 38 estava empenhado. Minha gata me deixara por um delegado. A sala estava cheia de baratas. E o pior e que elas se reuniam num canto para rir de mim. Mort. Ed Mort. Esta na plaqueta. Ih! Roubaram a plaqueta!

    Mona: monixa@gmail.com


    Hey Hey My My "Rock n' Roll can never die"


    .:. Paradise Lost .:.
    .:. Lacrimosa .:.
    .:. Marduk .:.
    .:. Sentenced .:.
    .:. Ozzy .:.
    .:. Marilyn Manson .:.
    .:. Cradle of Filth .:.
    .:. Him .:.
    .:. Led Zeppelin .:.
    .:. Janis Joplin .:.
    .:. About Blues .:.
    .:. Deep Purple .:.
    .:. Judas Priest .:.
    .:. AC/DC .:.
    .:. Pink Floyd .:.
    .:. Enya .:.
    .:. Rammstein .:.
    .:. Lacuna Coil .:.
    .:. David Bowie .:.
    .:. Evanescence .:.
    .:. Moonspell .:.
    .:. Type O Negative .:.
    .:. Dead Can Dance .:.
    .:. Lorena Mackennit .:.
    .:. Kittie .:.
    .:. Gorgoroth .:.
    .:. Tears For Fear .:.
    .:. The Who.:.
    .:. Black Sabbath .:.
    .:. The Cure.:.
    .:. Rolling Stones .:.
    .:. Grace Potter and the Nocturnals.:.

































































    andem... voe... dance... brinque...:
    FLY GUY ...maravilha!


































































    Mona Carvalho - Curadoria Independente - promovendo arte

















    mona carvalho
    sangue O-

















    :)

































    você sabe explorar o potencial do seu visual e da sua voz?
    Workshop de percepção e desenvolvimento do potencial vocal e visual: descubra como fortalecer o que há de positivo em você e minimizar seus pontos fracos; aprenda a valorizar a sua voz e a sua fala, saiba como potencializar o seu visual, aprendendo a reconhecer o que combina e o que não combina com você; descubra a elegância no andar, no sentar, nos gestos e no vestir; reconheça o poder da harmonia entre voz e visual. Agende o seu atendimento: (54) 3222.5178 e (54) 9978.8858 ou brasilstudio@brasilstudio.com.br










    seja um parceiro da curadoria independente
    artistas interessados em obter a curadoria de mona carvalho, empresas que gostariam de ser apoiadores culturais da curadoria independente, espaços e amantes da arte que se interessem por algum artista, empresas que queiram patrocinar ou ser um facilitador de algum projeto da curadoria, espaços culturais interessados em realizar exposições dos artistas parceiros e espaços que queiram trabalhar com ou serem orientados por uma curadoria, basta entrar em contato por email ou telefone.

























    Volare


































    curadoria independente

    + + heyyyy you ... that's something new + + :: all you need is love :: woooowwwwww , is that really me ???!?! ?So... is this really all there is ? !! never really got to hold on to you !! ohh no.... monixa, pink is not an appropriate color ... hahaha ::


    :*: Explodingdog :*:





























    di ver ti do

















    você sabe explorar o potencial do seu visual e da sua voz?
    Workshop de percepção e desenvolvimento do potencial vocal e visual: descubra como fortalecer o que há de positivo em você e minimizar seus pontos fracos; aprenda a valorizar a sua voz e a sua fala, saiba como potencializar o seu visual, aprendendo a reconhecer o que combina e o que não combina com você; descubra a elegância no andar, no sentar, nos gestos e no vestir; reconheça o poder da harmonia entre voz e visual. Agende o seu atendimento: (54) 3222.5178 e (54) 9978.8858 ou brasilstudio@brasilstudio.com.br


















    ...mais e mais e mais fotinhos
    ...adornos maravilhosos

















    só deixo meu coração na mão de quem pode fazer da minha alma suporte para uma vida insinuante insinuante anti tudo que não possa ser bossa nova hard core bossa nova nota dez quero dizer, eu to pra tudo nesse mundo então, só vou deixar meu coração, a alma do meu corpo, na mão de quem pode na mão de quem pode e absorve tanto no céu que no inferno inspiração de mutação da vagabunda intensão de se jogar na dança absoluta da matança do que é tédio, conformismo, aceitação e eu fico aqui vou te levando nessa dança sobre o mundo (...) ciúme é o acúmulo de dúvida, incerteza de si mesmo, projetado assim jogado como lama anti-erótica na cara do desejo mais intenso de ficar com a pessoa eu não tô a toa eu sou muito boa eu sou muito boa pra vida eu sou a vida oferecida como dança e eu não quero "te dar gelo" diabos que o carregue vê se aprende, se desprende (...) decifra-me só deixo minha alma, só deixo meu coração na mão de quem ama solto! lindo.lindo [mona.monixa.menina.lagartixa]


































    orisinal


































































    ..."As pessoas pensam que quando se apaixonam elas se completam? A união platônica das almas? Pois eu não concordo. Eu acho que você está completo antes de se apaixonar. E o efeito do amor é fracionar você. Antes você está por inteiro, depois você racha ao meio." ...


















    Mona Carvalho - Curadoria Independente

































































    Oh, come on, come on, come on, come on! Didn’t I make you feel like you were the only man —yeah! Didn’t I give you nearly everything that a woman possibly can ? Honey, you know I did! And each time I tell myself that I, well I think I’ve had enough, But I’m gonna show you, baby, that a woman can be tough. I want you to come on, come on, come on, come on and take it, Take it! Take another little piece of my heart now, baby! Oh, oh, break it! Break another little bit of my heart now, darling, yeah, yeah,yeah. Oh, oh, have a! Have another little piece of my heart now, baby, You know you got it if it makes you feel good, Oh, yes indeed. You’re out on the streets looking good, And baby deep down in your heart I guess you know that it ain’t right, Never, never, never, never, never, never hear me when I cry at night, Babe, I cry all the time! And each time I tell myself that I, well I can’t stand the pain, But when you hold me in your arms, I’ll sing it once again. I’ll say come on, come on, come on, come on and take it! Take it! Take another little piece of my heart now, baby. Oh, oh, break it! Break another little bit of my heart now, darling, yeah, Oh, oh, have a! Have another little piece of my heart now, baby, You know you got it, child, if it makes you feel good. I need you to come on, come on, come on, come on and take it, Take it! Take another little piece of my heart now, baby! oh, oh, break it! Break another little bit of my heart, now darling, yeah, c’monnow. oh, oh, have a Have another little piece of my heart now, baby. You know you got it —whoahhhhh!! Take it! Take it! Take another little piece of my heart now, baby, Oh, oh, break it! Break another little bit of my heart, now darling, yeah, yeah,yeah, yeah, Oh, oh, have a Have another little piece of my heart now, baby, hey, You know you got it, child, if it makes you feel good.
































































































    I'm so tired of playing Playing with this bow and arrow Gonna give my heart away Leave it to the other girls to play For I've been a tempteress too long Yes Give me a reason to love you Give me a reason to be... a woman I just wanna be a woman From this time unchained We're all looking at a different picture Through this new frame of mind A thousand flowers could bloom Move over and give us some room, yeah Give me a reason to love you Give me a reason to be... a woman I just wanna be a woman So don't you stop being a man Just take a little look from outside when you can Sow a little tenderness No matter if you cry Give me a reason to love you Give me a reason to be... a woman I just wanna be a woman It's all I wanna be, it's all, a woman For this is the beginning of forever and ever It's time to move over So I wanna be I'm so tired of playing Playing with this bow and arrow Gonna give my heart away Leave it to the other girls to play For I've been a tempteress too long...

















































    você sabe explorar o potencial do seu visual e da sua voz?
    Workshop de percepção e desenvolvimento do potencial vocal e visual: descubra como fortalecer o que há de positivo em você e minimizar seus pontos fracos; aprenda a valorizar a sua voz e a sua fala, saiba como potencializar o seu visual, aprendendo a reconhecer o que combina e o que não combina com você; descubra a elegância no andar, no sentar, nos gestos e no vestir; reconheça o poder da harmonia entre voz e visual. Agende o seu atendimento: (54) 3222.5178 e (54) 9978.8858 ou brasilstudio@brasilstudio.com.br


































    caminho de santiago de compostela desde sarria... 120 km em 5 dias!































    hora de poa




    hora espanha




    hora méxico

































    ... cuide mais do seu caráter do que da sua reputacao. porque seu caráter é exatamente aquilo voce é, enquanto que sua reputação é aquilo que os outros pensam que voce é... ...e o que eles pensam, é problema deles!!!































    mundo de sofia
    Sofia era uma menina de quase quinze anos que morava com sua mãe pois o trabalho de seu pai o deixava ausente boa parte do tempo. Em um dia belo, quando voltava da escola, encontrou com dois pequenos envelopes brancos, não simultaneamente. Cada um deles continha uma indagação e elas levaram Sofia a refletir sobre a vida e a origem do mundo.


















    roma com minha amiga gica

















    só ouço falar bem:


    Uma super dica que está fazendo um sucesso:


    você sabe explorar o potencial do seu visual e da sua voz?
    Workshop de percepção e desenvolvimento do potencial vocal e visual: descubra como fortalecer o que há de positivo em você e minimizar seus pontos fracos; aprenda a valorizar a sua voz e a sua fala, saiba como potencializar o seu visual, aprendendo a reconhecer o que combina e o que não combina com você; descubra a elegância no andar, no sentar, nos gestos e no vestir; reconheça o poder da harmonia entre voz e visual. Agende o seu atendimento: (54) 3222.5178 e (54) 9978.8858 ou brasilstudio@brasilstudio.com.br



    this mona's life
    segunda-feira, fevereiro 26, 2007

    Barichara - San Gil - Parques

    Galerinhaaaaaaaaaaaaaa!!!

    Fui num passeio sabado mto mto mtoooooo legalllll Coonhecer uns parques nacionais lindos e tambem barrichara! Muito divertido...

    Fomos o miguelito señor e eu (o mexicano), depois de uma noitada num bar de Jazz....
    fomos direto sem dormir....

    Bom, fomos junto com os estudantes de primeiro ano, que estudam fotografia!!! e saimos a fotografas os parques...

    Claro q a Mona esqueceu a maquina fotografica, assim que o Miguel me passar as fotos, passo para voces, enquanto isso um pouco da viagem e historia...

    Chegamos em Barichara para almocar e passear depois de um longo trajeto de bus e uma parada para o cafe da manha, Barrichara como los buenos vinos, es un pueblo que conserva su esencia y mejora sus encantos con el tiempo.

    Um pouco de Barrichara para voces!


    Por sus calles de piedra, su estilo colonial, sus artesanías, la calidez de su gente y en especial ese inigualable color rojizo y amarillo, que evocan aquellos atardeceres melancólicos, Barichara recibió el calificativo de “el pueblito más lindo de Colombia” en mayo de 1975, y en 1978 es declarada Monumento Nacional. Un galardón que aplauden cada uno de los visitantes quienes logran perderse en un mundo lleno de atracciones históricas y culturales.


    Conoce su historia

    Cuenta la leyenda que en el año de 1702 un campesino se encontró con la virgen. Ésta apareció tallada claramente en una piedra y aunque el párroco del lugar nunca lo creyó, los habitantes sí se convencieron del milagro y convirtieron la roca en motivo de adoración. Fue así como decidieron fundar la iglesia, y ofrecérsela a la blanca mujer que honró al pueblo creyente. Inicialmente se llamó Baraflorida, luego Baraechada y finalmente Barichara, "Lugar para el descanso" en el dialecto Guane derivado del Chibcha.

    Su ubicación e información general
    Barichara es el sitio ideal para escapar de la escandalosa ciudad. El pueblito más lindo de Colombia lo encuentras en la provincia guanentina, en el departamento de Santander, a 5 horas de Bogotá, 2 horas de Bucaramanga (capital de Santander), a 20 kilómetros de San Gil, (donde salen buses cada hora y media) y a 10 Kilómetros de Guane. A sus habitantes se les conoce como patiamarillos, y su economía se basa en la agricultura, el comercio, las artesanías y el turismo cultural.El sol brillante que se cuela entre las montañas, deja ver el hermoso paisaje en el que se sumergen propios y extraños para disfrutar de la serenidad de su ambiente con un agradable clima de 22 C.
    La cantería de piedra se explota y comercializa desde tiempos antiguos; claro ejemplo de su utilización son las casas, las calles, los templos religiosos e incluso el cementerio. Aquellos lugares son elaborados por los picapedreros o picapiedras, como se le conoce a los talladores de piedra, protagonistas del Festival de la Talla en Piedra que se realiza cada dos años y alrededor del cual se reúnen a labrar con sus cinceles sus maravillosas obras, talladores locales, nacionales e internacionales.Barichara también es reconocido por el colorido particular de sus construcciones. Un color cálido que se debate entre el rojizo y el amarillo quemado.Algo que no puedes dejar de conocer es su famosa Ceiba, que está plantada al frente de la Iglesia de Santa Bárbara y que se ha convertido en un referente sagrado para sus habitantes.




    Disfruta con su gastronomía
    Degusta de sus tradicionales platos como el cabro, la pepitoría, el mute, la carne oreada y claro está, la hormiga culona, única en el mundo, y el más impactante símbolo de la comida típica santandereana.
    Otro plato típico que no debes dejar de probar es la Changua: plato de sopa de papa hirviendo con un huevo encima que se cocina con el calor, el cual va acompañado de unas deliciosas arepas de maíz pilado y las tradicionales hormigas culonas.
    El guarapo y la chicha, también forman parte de estas tradiciones gastronómicas, junto con los productos derivados de la leche de cabra, quesos, yogures y dulces.






    Sus atractivos turísticos
    En esta aldea de calles empedradas y balcones de madera, cabe destacar:
    • El camino real: que va de Barichara a Guane. Hacer su recorrido es una aventura ecoturística, donde caminas por el rastro de nuestros aborígenes Guanes y de aquella raza forjadora de la patria como lo fueron los abuelos arrieros, haciendo de este paseo un fantasioso recuerdo de antaño.
    • Casa natal de Aquileo Parra: verdadero monumento de la sencillez democrática. En su fachada se erige una placa de bronce que reza que allí se meció la cuna del expresidente de los Estados Unidos de Colombia, Don Aquileo Parra Gómez.• El puente grande: es una construcción colonial muy parecida al puente de Boyacá en cuyos alrededores existen aún las huellas de los caminos de herradura reconstruidos por el alemán Geo Von Lenguerque en la década de 1870.
    • Capilla de jesus: el cementerio es un lugar hermoso y apacible. En él hay diversidad de trabajos en piedra labrada y hierro forjado. Está acompañada de una de las capillas de estampa española que tiene el municipio.• Catedral de la Inmaculada Concepción: Situada al frente del parque central, es la edificación más hermosa que enmarca la plaza principal.
    • Parque Natural de la Chorrera: extensión formada por potreros llenos de grama, jardines sombreados por varias clases de arbustos, rodeados por quebradas de cristalinas aguas que corren por entre piedras y lajas, formando así un lindo pozo cuya cascada le da al lugar una hermosura inigualable.
    • Museo casa de la cultura "Emili Pradilla González”: Cuenta con algunos servicios como: Oficina de Información Turística, salón de exposiciones, biblioteca, salón de reuniones y la sala museo que tiene una colección de fósiles, implementos coloniales y vistas fotográficas de la población.
    • Guane: población colonial en la que se destaca la Iglesia del Siglo XVII, con su Santuario de Santa Lucía, y el Museo Arqueológico, por su importante colección de fósiles marinos, libros coloniales y antigüedades.Otros sitios de interés: las Cascadas de caída libre, las Cuevas Naturales, la Capilla de Santa Bárbara, La Casa de la Cultura, El Templo Principal y el Salto del Mico.

    Historia, paisajes encantadores, gente amable teñida con la misma calidez de su rojiza tierra y con manos de talladores, lugares llenos de tradición y cultura. Todo esto sumado a una deliciosa comida, son las características que hacen de Barichara un lugar para dejarse atrapar.

    Barichara es para soñar despierto
    “Es un pueblito encantador donde puedes soñar despierto.
    Su arquitectura es impactante debido a
    la uniformidad de sus casas y la construcción colonial.
    Tiene una belleza singular pues cuando llegas
    allá te sientes como en el cielo, por la paz y la
    armonía que transmiten sus calles, además de su gente”.
    Andrés Villegas Bernal
    Depois conto de San Gil e dos Parques!

    15:18
    quarta-feira, fevereiro 21, 2007

    but it will be ok


    esclarecimento:

    . gentem eu estou bem aqui!

    .nao eh que aqui nao esta legal e que eu nao estou
    gostando, mas esta sendo uma experiencia diferente,
    nao esta sendo um intercambio e sim me parece mais um teste de paciencia....

    .estou sim estou passando por muitas coisas dificies,
    compliacoes e etc, mas eh sempre um aprendizado viajar e eh isso que me mantem aqui.


    a decepcao:

    .eu desejo mais, eu nao estou satisfeita em: acordar ir
    pra aula, voltar....almocar, voltar pra aula, ou internet, casa,
    e de repente alguma festinha. Quero mais que isso!


    . nao eh isso que eh intercambio pra mim. e ja tive dois intercambios,
    no minimo ja estou num "nivel" diferente, quero mais, mais, mais...
    por isso acho que as pessoas nao estao entendendo o meu "nao satisfeito"
    o meu "encomodado" com aqui.


    bucaramanga:

    .a cidade nao tem nada cultural, nada para fazer.
    pelo menos nao que eu me informei ate agora

    .claro, ainda nao a conheco mto para dizer que eh uma merda,
    mas ate agora percebi esta muito fraca.

    .ou sai e bebe e dai, dorme o dia todo e na noite sai de novo (nos finais de semana) ou nao tens o que fazer. Claro, podes estudar,
    ler um livro e essas coisas, mas se eh pra ficar fazendo isso, fico no brasil entao...

    . bares nao fazem muito meu estilo, mas como
    sempre disse, quem faz a festa eh o grupo, eh vc, nao o lugar,
    pois ai tb esta outro problema:


    the people:


    - nao que as pessoas nao sejam legais, sim, sao, mas eu ja
    "passei" dessa epoca de sair encher a cara sem limites e nocao,
    de ficar falando merda e merda. acho otimo, mas nao todo o
    tempo, ja nao tenho mais muito saco para papo sem cabeca.
    quero gente que troque infomacoes, que se divirta,
    que converse, que haja uma troca construtiva.

    - e tem gente mto chata. sabe o tipico bebados, que
    quando ficam bebuns ficam um porre de chatos, insistentes,
    choroes ou o que seja. a maioria que eu percebi eh assim.

    - a parte masculina, machista pra caramba!

    entao...

    .imagino que seja isso, e a saudades que eu to de cxs,
    que eh a primeira vez que eu saio dela sentido falta.

    . em nenhuma das minhas viagens eu senti
    saudades assim, essa saudades que aperta o peito.

    .sim, sinto saudades de caxias, da minha casa,
    dos meus bares preferidos e, claro
    das pessoas que preenchem minha vida,
    que sao meus queridos e lindos amigos.

    .claro que isso ajuda estar confusa, meia triste de repente.

    . mas quero que saibam, que estou bem, e estou aqui por
    decisao minha, ninguem ninguem esta me obirgando estar aqui,
    eu posso voltar a hora que eu quiser, que nao me importa,
    nao serei orgulhosa e ficarei se nao esta me satisfazendo como
    pessoa e também nao vou me sentir "fracassada"
    em mudar meus planos, pelo contrário....

    ...se estou sentindo necessidade de mais, entao eu penso...
    que se nao melhorar, se estar aqui nao estiver me
    mostrando mais e mais, me ensinando mais e mais, aprendendo
    mais e mais.... nao tem porque estar aqui. certo? e nao falo
    apenas da universidade, falo de aprendizagem geral:
    conhecer gente, cultura, viajar, se divertir, ir pra aula. Ter trocas!

    . e me sentirei muito feliz em estar junto a vcs outra vez!

    .eh isso que eu to sentindo falta, trocas. trocas construitivas!

    .eu me sinto um peixe fora da agua em um grupo
    que esta mto infantil para mim...



    porque nao voltar agora?

    .porque ainda eh muito cedo para decidir, ainda eh
    cedo para generalizar tudo, de repente eu encontre
    amanha um grupo bacana, ou uma passagem barata
    para viajar, ou... nao sei. tudo eh mto recente, recem
    me "acomodei" aqui. entao calma. tentarei, se nao der,
    volto e deixo tudo, porque nao estou aqui pelas notas,
    nao me importo se tenho que voltar e fazer
    as materias no campus8 novamente, nao me importo.

    . estou aqui para crescer, amadurecer, conhecer, e
    seguramente estou tendo um crescimento incrivel
    com tudo isso que ja passei e estou passando, por isso a
    vontade de tentar um pouco mais, porque sei que como
    crescimento pessoas, isso eh insubstituível: e eh disto que eu busco!

    mas uma coisa eh certa:

    .assim que eu perceber
    que nao vale mais apena estar aqui.
    estarei a caminho do brasil, isto eh certo!


    beijos com muitas saudades.
    e com carinho...

    08:00
    segunda-feira, fevereiro 19, 2007


    dia 9 de marco estarei
    assistindo pela segunda vez: roger waters!!
    ieiiiiiiiiiiii


    ...e....

    ...em breve mais historias da casa onde estamos,
    ou pensam que esta tudo bem
    só porque conseguimos nos livrar da mal comida dos assuntos internacionais?

    se enganaram,

    estamos vivendo com pessoas fanaticos religiosas!

    ( em breve)


    09:08
    sexta-feira, fevereiro 16, 2007
    Agora vou contar mais uma coisa para vcs rirem da minha situacao aqui:
    Vcs sabiam que por ser uma cidade quente, aqui nao tem agua quente nos chuveiros?
    Pois entao, eu SOFRO, literalmente SOFRO todos os dias para tomar banho, sem mentira!!!
    Eu vou chegarno Brasil com umas partes do corpo com uma crosta de sujeira porque eu nao tenho coragem de me enfiar embaixo da agua...
    Como faco pra lavaro cabelo?
    Vira de cabeica para baixo e assim eh....
    Sim gente, eh um horror...
    Topmar banho de manha cedinho ou de noite entao, eh uma novela mexicana!!!!
    Pra quem nao ta acustumado!
    Nao que eu queira agura quente, mas morninha entao??
    Nada, e nao eh fria! Eh gelada!!!!!!!!!!
    Bah quando eu volto da academia a noite ( que hj faltei)...
    eu quase choroooooooo pra ir pro banho, risos...
    Vou fazer greve de banho!
    Ohhhhhhhhhh a primeira coisa que eu vou fazer
    quando chegar no brasil eh tomar um banho QUENTE!
    :)
    bjos bjos bjos
    da monixa desde colombia

    16:05




    05 de janeiro de 2007

    Sai de Porto Alegre as 19:30 em direcao a Asuncion, Paraguai.

    06 de Janeiro de 2007

    Cheguei as 3 da tarde em Asuncion e o calor que estava era absurdo!!! Eu nunca tinha sentido um calor igual a esse tirando um dia na Espanha que a noite, a Gica e eu, jogadas no sofa (com tudo aberto) suavamos sem parar, ficavamos ai, intactas, sem se mexer e o calor era intenso! (lembra desse dia Gica?)E assim estava Asuncion, um calor de matar qualquer um.
    Esperei uns 10 minutos e apareceu o Cristhian todo perdido me procurando. Enfim, nos encontramos para iniciar a grande aventura!

    Fomos pra casa de taxi, eu nao tinha condicoes nenhuma de caminhar com aquele calor, ainda mais com a minha mega mochila! Chegamos em casa e nos jogamos na sala com o ventilador a mil. E passamos o dia inteiro assim, descansando e contando as historias de natal e ano novo, ou seja, trago atras de trago.

    Passamos entao o final de semana en San Bernardino com a familia inteira do Cristhian, comendo, dormindo, bebendo cerveja e comendo churrasco. Aproveitei que seria o ultimo final de semana que comeria bem!



    Até que enfim escrevo de Bolivia!

    08 de Janeiro de 2007 - A aventura comeca!


    Compramos os passagens para Santa Cruz na Bolivia para as 20h. O vendedor nos passou uma boa trova, o onibus era semi-cama, com ar condicionado e dvd. Ao chegarmos no Onibus vimos que a indiada tinha comecado antes do esperado: o onibus nao tinha ar condicionado, a janela abria e fechava sozinha, os bancos nem preciso dizer que nao inclinavam quase nada. Sem contar tudo que tinha dentro do Onibus, até cachorro tinha, e claro que atras de mim tinha uma linda criancinha chutando meu onibus a viagem inteira, comendo biscoitos de pe...eu só sentias as migalhas no meu cabelo....

    E nao sei se comentei, a viagem era de 24 horas!



    Ha! Esqueci uma coisa muitissimo importante, nao tinha espaco para as mochilas embaixo do onibus,estavam ocupadas por galinhas embaixo, logo tivemos que levar elas nos nossos pes. Imaginem uma viagem praticamente num deserto. Nao havia nada, nada...era como a seca do nordeste (se chama Chaco aqui): poeira, poeira e mais poeira e o sol de rachar, sem lugar para as pernas, sem banheiro no onibus e assim vai...

    O onibus parou e estavamos na fronteira, descemos e carimbamos a saida do Paraguai. Demoramos como 30 minutos para fazermos isso e logo subimos no onibus, isso era como umas 10 da noite. Imaginamos entao que em menos de 5 minutos teriamos que descer de novo para carimbar a entrada na Bolivia. Risos, as 6 da manha chegamos na migracao peruana! Com uma fila quilometricaa!! Ficamos ai, embaixo do sol, nesta seca...esperando por mais de 3 horas para conseguirmos a entrada da Bolivia.

    E la vamos nos, em cima do onibus outra vez e suerte!
    Alguns minutos depois o Onibus para... Ohhh shit shit shit, que que foi agora, sobe um guardinha com cara feia e diz:

    - Todos a bajo con sus equipajes!

    Haaaa nao!!! Tira a mochila que ja esta mais do que amassada e intalada entre os bancos, desce do onibus e espera na fila para ser revistado, em baixo do sol é claro. E eles revistam mesmo! Eu só pensava comigo quando via os que estavam na minha frente serem revistados: se eles mexerem na minha mochila assim, ela nao vai fechar nunca mais, vou ter que tirar tudo pra fora e arrumar tudo de novo! Mas tive sorte, meus cuturnos estavm pindurados para fora e os guardinhas simpatizaram comigo, e perguntaram se eram meus e tals, e ficamos falando de cuturno... e eu claro, fui super simpatica querida e sorridente!!! Entao nao baguncaram mto minha mochila, na verdade soh enfiaram a mao até lá em baixo e deu... tranquilo!!!

    Eu esqueci de dizer que havia também servico a "BORDO"!! Eu comi só o paozinho que vinha na bandeija, o resto (até eu tentei) mas realmente...nao dava pra comer!!!!!
    Nem os cachorros da migracion quiseram comer o restos da bandeija!!!!! Risos...
    Sem contar que era Galinha! Entao, vai saber se ano era uma galinha ali de baixo...que no meio da viagem alguem cozinhava nas paradas esquisitas que o onibus fazia...hauhauha!

    E outra! Risos, os filmes que passaram em fiat cassete, sim ate sobre o dvd era mentira, risos, era um filme coreano, super esquisito, onde haviam bundas peladas que falavam e fumavam, vcs imaginem o queeeee foi a viagem, hahahahahaha!!!

    Bom, chegamos em Santa Cruz e fomos direto para um Hostal, largamos as coisas, tomamos um banho quentinho e rua para comer alguma coisa. A cidade é linda, já enviei as fotos prs vcs. Bom passamos uma noite ai e no diz seguinte iriamos para LA PAZ.


















    Chegando entao na Rodoviária descobrimos que para irmos ate La Paz , nosso trajeto era por Cochabamba, massssss, os sindicatos com grupos indigenas e setores politicos estavam pedindo pra o prefeito abandonar a cidade! Entao as estradas estavam bloqueadas. Para chegarmos a La Paz, teriamos que fazer uma volta maior e ai conhecemos Sucre, uma das cidades mais antigas da Bolivia! Lindo, lindo, lindo.














    Logo mais a continuacao...
    :)

    15:39

    O ataques de consumidores de Herba Life:

    Esqueci de contar para vcs, que essa familia que ficamos, que descrevi a abaixo, o cafe da manha e a janta era um copo de Herba Life! E, nos, como novos moradores da casa...
    ...imagina!
    O mais divertido foi um dia que o Cris chegou em casa, e tinha um encontro C.A.H.L! (Consumidores Anonimos Herba Life)
    Se encontravam na sala do apartamendo dele, de 2x2 metros
    umas 20 pessoas, e em um circulo super apertadinho, iniciavam
    suas reunioes....falando de suas experiencias com Herba Life!
    "- Eu iniciei a dois meses com Herba Life e ja emagreci 5 kg!"
    Entao todos aplaudiam o companheiro e lalalala...
    Assustador e engracado ao mesmo tempo!!!!!!
    Sem contar que a senhora a suposta "mae" da casa, tentava me convencer a beber o tal Herba Life!, e eu dizia que um cafe com leite, pao com manteiga ja estava suficiente...
    E ela questionava enquanto eu comia, onde estavam as vitaminas no meu prato???
    - Tu achas que pao e bom? E mantequilla entaooooo!?!?
    E o cafe misturado com esse leite, o cafe corta entao a unica vitamina
    que tem o leite, ou seja: vc nao esta comendo nadaaaaa!!!
    E essa eh a parte que esqeuci de comentar do Herba Life!!
    bucaramanga, 18:30 - 15 fevereiro de 2007 - na sala de informatica da unab

    15:19
    quarta-feira, fevereiro 07, 2007

    minha primeira semana na universidade de bucaramanga

    Pessoal!

    Sei que ainda tenho que escrever de Bolivia, do Equador emais da Colombia.
    mas agora vou escrever o que esta fresquinho na cabeca que foi os imprevistos acontecidos nesta semana aqui na UNAB ( Universidad Autonoma de Bucaramanga)
    Quem ainda nao leu nenhuma historia, embaixo tem
    a ida ao Machu Pichu e todas as indiadas tb na europa!

    Bom....
    Chegamos terca feira, as 9:30 da manha e fomos direto para a Universidade de mochila e tudo. Chegando ai procuramos a oficina dos assuntos internacionais e esperamos para falar com a diretora Maria Teresa Camargo. A mal comida! Assim que a nomeamos entre Cris e eu.
    Nos recebeu com uma cara feia, mas de brincadeira que chegamos depois que as classes ja estavam em andamento. Ela ja iniciou falando das materias, olhamos as disciplinas, horarios e enfim mudamos nossa matricula com outras disciplinas, até porque haviam aulas as 6 da manha, no qual eu cancelei. Risos. Depois ela falou da casa que iamos ficar, e que nao tinha lugar para os dois, entao que eu ficaria com os pais da familia e o Cristhian em outro apartamento e etc. Bom, nisso chegou um tal de Gregori, um frances que esta morando ja aqui a um ano e tals, que iria morar com Cris e com ele fomos até a casa almocar, e depois voltariamos para a sala da mal comida para conversarmos mais um pouco.

    Bom, ao voltarmos para os Assuntos Internacionais conversamos mais um pouco com ela e resolvemos perguntar se nao teria um lugar mais perto para morar porque estavamos a 20 minutos (de carro) da universidade e queriamos saber como funcionava o da bolsa de estudos e tudo mais, e ai que fomos surpreendidos.

    Ela comecou a dizer que a Universidade estava passando por uam crise mto forte administrativa, qeu o reitor tinha renunciado, e que tudo estava uma bagunca e que a bolsa nao existia mais!

    COMO NAO EXISTE MAIS?

    Agora que estavamos já na Colombia, eram responsável de nós.



    Bom e ai comecou a confusao toda!!!!



    Bom, neste dia fomos pra casa desanimados e ja querendo falar com o mundo todo pra solucionar nossas problemas.Eu, estava na verdade cansada e nao conseguia pensar mto, entao fui pra casa e nem jantei, cai na cama que era durrrriiisssima e capotei.

    Acordei no dia seguinte e universidade de novo. E ela disse que nao teve tempo de buscar nada de casa e que temos que entender que ela tá cheio de reunioes e coisas pra fazer, que nao eramos o unico problema dela e isso e aquilo, ou seja, já no segundo dia ela meio que descontou em nós problemas e estresses dela! Nós nao tinhamso nada a ver com a mudanca da universidade, porque nao ligaram para o Brasil o ano passado e avisaram disso ( porque isso aconteceu o ano passado) ainda estava em tempo de avisar que a bolsa nao existia mais!

    Entao esse dia saimos bufando da sala dela. Mas sempre mantemos o respeito e falamos na boa com ela.

    Dia seguinte entao fomos em busca de ajudar-la a resolver o problema, afinal SHITS HAPPENS.
    Encontramos mais de 15 numeros de "cupos universitarios" , casa de familias, quartos individuais, compartidos e etc.
    E levamos para ela no dia seguinte. E ela conseguiu ser extremamente estupida e grosseira com nos! Nos estavamos ajudando ela, a buscar lugares e ela se sentiu ofendida eu acho, nao sei, outra vez comecou a falar que nao pode, porque ela tem a lista dela, que a universidade tem exigencias, que isso e que aquilo, e que ela nao pode fazer nada... convencemos ela a ligar e falar com os donos dos alugueis antes de surtar... e ela o fez...mas cada ligacao ela fazia caretas feias , negando ja com a cabeca pra gente....


    Enfim doa 15 numeros apenas UM ela foi com a cara,mas nao tinha tempo pra conversar consoco porque tinha uma reuniao, e o que vimos a reuniao dela era na cafeteria com outros professores, mas enfim, tudo bem, de repente ela tinha um break...ta bom, voltamos umas horinhas depois e tb noa podia atender a gente, ou seja, ficava se fazendo pro nosso lado. Entao Cristian e eu fomos visitar a casa antes dela mesmo falar com a mulher, a casa era pequena e cheiro de casa de praia, fechada a 30 anos, a dona era uma gordinha mto gentil e ja moravam 2 estudantes ali, mas o melhor, a casa era perto da universidade e isso que nos interessava. Entao decidimos que SIM, ficaremos ai.

    Voltamos para falar com ela. E? NAO PODE NAO PODE NAO PODE.
    Entao tomei a frente e falei algumas coisas com ela, pedi se ela nao tinha 5 minutinhos apenas, e ela disse um sim com uma cara sem nenhuma paciencia com nos. E perguntei pra ela quando ela pensava em solucionar algo tao simples? NOSSA! Ela estourou, SIMPLES? nao eh simples, por isso, e aquilo e lalalala...tipo, extremamamamamammmente estupida.
    Entao falamos que gostamos da casa da gordinha e tals, q se ela quisesse fechar contrato podia, ela ficou de cara que fomos ver a familia antes dela ligar, e nos jogamos na cara que quem tem que gostar do lugar somos nos e nao ela! Bom, ela ficou de dar um retorno do dia seguinte, OBVIO, ela nao tinha TEMPO!

    Dia seguitne ela marcou encontro com nossos coordenadores as 9 da manha, e falou uma s20 vezes pra chegarmos as 9 em ponto, nem antes nem depois e ja nos deu um sermaozinho....as 8:30 estamos sentados no chao, na frente do escritorio dela, e ela..aparece quase as 10...e a Mona ja BUFANDO fala, e ironica:

    - Desculpe, Eu me confundi de horário? Era as 10?
    E o Cris deu uma risadinha..

    Ela abrindo a porta comecou a se explicar toda que tava buscando casas pra gente. SIM SIM, acredito as 9 da manha? DUVIDO! E nao deu outra, a secretaria entregou ela depois conversando com ela, falou uams coisas que comprovou q ela estava em casa! Entao descobrimos que alem de mal comida, era mentirosa.

    E ainda isso nos confirmou mais depois.

    Bom e ai questionamos da casa Gordinha! E ela disse que ia ligar pela manha. E ai fomos nos encontros com os coordenadores e fomos pra aula....na volta, obviamente ela nao teve tempo de ligar e ia ligar a tarde. Que era para passarmos ali pela tarde e eu seca perguntei: QUE HORAS?

    E ela, ai pelas 2.

    As 2 em ponto eu estava na frente da sala dela!
    A resposta foi: Nao posso fazer acordo com ela, porque ela nao aceita o modo de pagamento da universidade.
    E entao perguntei: E porque?
    E ela: Porque nao!!!! Nao se pode, eu tenho regras pra seguir, nao dá, nao se pode, nao!
    E ai eu perguntei se elas nao foram capazes de fazer um acordo! Se eu podia entao tentar conversar com a Gordinha!

    E ela surtou de novo, falou das regras de novo, que nao eh asssim, IMAGINNNAA um estudante negociando!!
    E acabou falando que a mulher queria o pagamento do primeiro mes adiantado, soh para ter seguridade que iamos ficar ali.
    Ela queria em 5 dias, e a Maria Teresa soh consegue dinheiro em 12 dias, e elas nao fecharam por isso!

    Sabe ela nos tratava como criancinhas, que foram pra uma escolinha aprender a escrever! E nao como adultos, que estavam inclusive tentando ajudar ela a solucionar as coisas....

    Bom, eu sai da sala dela, ja gritando com o mundo, dizendo que se ate sabado as coisas nao solucionavam eu ia querer um voo para o brasil por conta deles e que se ela negasse eu ia apelar pra cartas pros reitores das duas universidades ainda falando da atitud dela conosco que eu tinha certeza que a porra do cargo que ela tem ela ia perder!!! Risos...falei mto pro Cris que tava ja de saco cheio de ser mal tratada e essas coisas.

    Nao era nada complicado de resolver, isso tava me deixando louca!!! E nos ajudando e ela sendo exrtremamente grosseira. Chegou no meu limite. No dia seguinte conseguimos outro telefone, eu disse pro cris levar pra ela sozinho que nao queria olhar pra cara dela.... o cris levou e ela disse que ia ligar. Enfim, passamos la no final da manha, eu nao olhei na cara dela em nenhum momento, e quando terminou de falar, eu me retirei sem falar nada, e sem olhar pra ninguem que tinha na sala, e ela perguntou se eu estava de acordo e minha resposta foi a porta sendo fechada na cara dela e eu olhando pros olhos dela...( algumas pessoas conehcem essa minha cara....podem imaginar) !!!!

    Bom, a situacao nao eh tao foda, mas imaginem que com a viagem que fizemos e todos os imprevistos que ja tinhamos tido eu estava exausta, sem contar que a casa onde estavamos , onde eu estava era horrivel. Primeiro eu sentia meio que receio do "pai" da familia, uma noite cheguei em casa e soh tava ele, eu tomei um banho e fui pro quarto e ele ficava passeando de cueca pela casa e passando mtas vezes na frente do meu quarto, ate que eu perguntei se ele precisava de algo e ele negou, dei boa noite e ai me tranquiei no quarto, o banheiro tinha uma janela de vidro sem cortina para uma outra sala...tipo tomar banho ou xixi qualquer um podia ver que entrasse na outra salinha, o banheiro era feio e a agua como sempre gelada.... Sem contar tb quer tinhamos que depender da hora deles, eles nao queriam que nos ficassemos sozinhos em casa, o Cris nem tinha chave do apartamento, eu consegui chave depois de uns dias...o dia que dormi ate mais tarde a "mae" ficou dando umas indiretas que naquela casa eles nao dormem mto que aproveitam o dia, e que a notie eh pra dormir, entao se dorme cedo e que festas nao sao acustumados a sair e lalala, dando indiretas, um dia fiquei 3 horas esperando algfuem chegar pra poder entrar em casa! Sabe? Sem condicoes!!!!!

    Entao eu nao me sentia NADA a vontade na casa, DEPOIS, a "mae" da casa meio q contou umas coisas que nao entendi direito que ele tinha arranjado uma namorada e isso e aquilo e quer vender as coisas....e que isso e aquilo...

    Ai haviam brigas na noite, um grita ou berra.....choros pela casa, estavamos numa situacao horrivelllll

    Por isso a vontade de ir embora, alem de estarmos LONGE, ter que pegar onibus e caminhar pra chegar na faculdade, entao ter este gasto, eles estavam com problemas familiares e conforme o nick o cara era tarado certo. E eu exausta de tudo, escutando grosserias da mal comida...eu tava prestes a largar tudo e voltar para o brasil....tava de saco cheio e cansada...

    Bom, entao no dia seguinte chegamos com OUTRO numero. ela fez a mesma enrolacao de sempre pra ligar e tals, soh que desta vez, nos falamos com a dona antes e os quartos nao vinham com moveis, mas pedimos pra dona mentir dizendo que as camas estavam em outro lugar, que soh viriam para ali se ela desse o ok, porque se nao pagaria o frete por nada e inventamos uma longaaaa historia! Ela disse que tinha ligaod e marcado um encontro com a dona do ape, falamos com a dona ela disse que nao tinha ligado ainda, depois nos disse que tinha passado por la e que a mulher tava ocupada e nao pode atender ela, fomos ate a mulher e ela disse que nao tinha passado ali, ou seja , essa maria Teresa eh uma mentirosa...!! Enfim....neste dia, nos fez esperar ate as 5 da tarde para darnos uma resposta e que isso e mil e 30 desculpas e problemas que ela tem.

    As 5 em ponto eu estava ali na sala dela e preparada para um grande surto universitario!!!!
    - SIM, vcs podem ficar ai!
    Eu tava tao acabada, tao cansada que nem sorri, eu tava com aquela cara:

    ACHO BOM!
    NO MINIMO!
    SORTE TUA QUE TU DISSE SIM, se nao SE NAO....
    SE NAOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!

    hauhauhauuahuah

    Nao voltamos a falar da Bolsa, ela nos questionou qual era nossa situacao...
    eu soh deixei claro que viemos com dinheiro para algumas festas,
    ou comprar coisas basicas... e no maximo pegar um que outro onibus, risos!
    Falamos com a dona do lugar onde estavmos sobre isso e ela disse que o contrato se fechou
    com tudo incluido.

    Entao conseguimos!

    Bom e ai acabou nossa história.
    Estamos morando em frente a Universidade.
    Frente que eu digo eh em frente....
    atravessando a rua, minha casa, e do outro lado a universidade!

    Iupi!

    E ai vai meu endereco:

    Av. 42 Numero 46-29
    Bucaramanga - Colombia

    Fone: ( nao sei os codigos daqui, assim que eu tiver envio) 647 5432



    Cansei de escrever!
    Enfim, este foi o grande estress semanal.
    Minha primeira semana na Colombia!

    beijos
    monixaaaaaaaaaaaaaa
    beijos especiais:
    maria maria
    sarabiiiiiii
    casal listas
    rapunick cirilo
    e sem duvida
    mis papas!

    14:51
    quinta-feira, fevereiro 01, 2007
    PERU - A ida a Machu Pichu!


    Chegamos em Cuzco as 5 da manha do dia 14 de Janeiro de 2007, fomos direto para um hostal chamado Girasoles, a diária está 20 Soles e inclui café da manha que vem pao, café com leite e manteguinha, e também tem um computador com Internet disponivel. Fica Numa ruazinha minúscula que me fez sembrar de Santiago de Compostela, com aquelas ruas estreitas e antigas.



    O melhor é que fica perto da Praça das Armas ( no Peru todas as cidades tem sua praça das armas, assim como na Espa?a todas tem sua Praça Mayor e na Itália todas tem o Duomo). E nesta praça se encontra de tudo.



    Existem pacotes de turismo na cidade de Cuzco que passa por ruínas incas, museos, e etc. O ticket para a entrada de todos esses lugares se compra em qualquer um deles e custa 35 Soles para estudantes (com carteirinha). O passeio passa por 16 pontos turísticos, alguns lugares , principalmente as Ruínas ficam distantes do centro de Cuzco, mas existem serviçoes turísticos que levam os turistas por mais ou menos 20 Soles!



    Cuzco fica a 3650 metros acima do nível do mar, e ponto mais alto onde existem algunas ruínas Incas está a 3780 metros, por esta altura se sente um pouco de dificuldade para respirar e se sente mais cansado que o normal, pelo menos foi o que Cristhian e eu sentimos, algumas pessoas passam mal de maneira diversas.



    Nao posso deixar de dizer para ter cuidado com a alimentacao e a água, comida da rua é sempre bom observar bem antes de escolher e a água sempre mineral, comprada e lacrada!



    Sobre pacotes turísticos, principalmente para Machu Pichu é bom nunca aceitar de primeira, eles podem dizer que nao ha outra maneira de viajar, de isso e de aquilo, mas como sempre como se compra algo é bom pesquisar preços! Falando em preço!!Estao absurdamente caros, encontras pacotes de 100 dólares para Machu Pichu com sorte, se nao os pacotes estavao como 120, 140, 160, até 200 dólares para subir no e descer em um dia!



    Entao, Cris e eu , como estavamos sem dinheiro resolvemos fazer um caminho "alternativo" por nossa conta e entao chegarmos a Machu Pichu gastando no máximo 50 Soles.

    É obvio que deu tudo errado.



    Ficamos trancados na estrada na ida para Santa Maria esperando um trator aparecer para arrumar a estrada para darmos continuaçao a viagem, depois de umas 2 horas de espera o trator conseguiu arrumar a estrada e continuamos a viagem, 1 horas depois paramos novamente e assim foi a noite e uma parte do dia. Pelas chuvas houveram deslize de terras na estradas bloqueando o caminho.



    Passamos a noite e uma parte da manha dentro do onibus esperando a estrada ser arrumada. A essa hora já deveriamos estar caminhando no MachuPichu.



    Claro que o dia estava frio, chovendo e a galera do ônibus para variar nao tem um cheiro muito agradável!

    Ha! E claro, estava demorando: peguei pulga! Risos. Entao além de tudo, eu tava toda me coçando!!!!



    Bom, enquanto eu esperava no ônibus para o tempo passar escrevi algunas coisas:



    Nao se pode deixar de provar a bala de coca, elas sao ótimas, docinhas e ajuda mto nas alturas e também na dor de cabeça! A folha de coca como a balinha de coca se encontra nas ruas, sao vendidas nas banquinhas por 1 Sol. Ha! O chá ou o mate de coca vale a pena experimentar também é bem mais gostoso que ficar mascando a folha e também se consegue nas ruas ou com as cholas, normalmente se divide o mesmo copo: elas mergulham o copo dentro de um esopor ( com suas maos super limpas) e servem alguém, depois o mesmo copo volta a ser mergulhado para o próximo cliente, existem uns 2 ou 3 copos por vendedora.



    Pode ter certeza, tanto a Bolivia como no Peru, nao pode ter muita frescura, se nao tu nao come e nem bebe nada! Bom, eu passei 2 dias e 2 noites sem comer nada em algunas paradas de uma viagem que fizemos! Porque realmente as vezes nao dá coragem!



    Existe um suco esquisito também que se chama Chicha Morada feito de milho, abacaxi, limao e alguna coisa que deixa com cor roxa! Bem gostosinho. Esquisito.

    "Viscoso, mas gostoso"



    Quando voces escutarem: "Choclo con Queso", meninas e Gus Viegas ( que é chocolotro) nao se empolguem, nao é chocolate, é milho verde que nem temos na praia, mas enorme!!!e vem com queijo junto, ou inteiro ou posto dentro de um saco plástico junto com o milho que com o vapor derrete.



    Bom aquí se diz muito: No, gracias para as pessoa,s, sempre tem alguém pedindo monedas ou propinas, sempre tentando vender alguma coisa ou entao querendo lustrar os meus CUTURNOS! A pobreza é grande, e é muito ruim dizer nao para as crianças e senhoras. Mas elas também sao bem espertas.



    Cuidado ao bater foto das Cholas com seus animais e suas roupas folcloricas, elas cobram!



    Os taxis nao tem taxímetro, tudo é negociável, na Bolivia é tudo barato e tranquilo de negociar, já no Peru o cuidado tem que ser maior, para o turista pegar taxis só que tenham placas em cima com o nome de empresas, caso contrário pode ser enganado e ou roubado! Claro que eu e o Cristhian descobrimos isso depois de entrar num bairro perigoso e uma mulher nos salvar! Mas isso é outra história!



    Bom, voltando a ida ao Machu Pichu, a estrada onde estavamos era minúscula, de morrer, só cabia o ônibus e as faixas dizendo: Peligro! Maldito caminho alternativo! E viva os preços baixos!!! E a Brasileira e o Paraguayo pao duros!!! Estavamos em uma fria!! Mas nao sabiamos o que viria pela frente!!!



    Do nada se escuta uma voz masculina em um alto falante dizendo para nao nos desesperarmos que o caminho estava horrível, e que o certo seria voltar para Cuzco, mas que vao fazer de tudo para melhorar, que a responsabilidade é nossa porque quem tá insistindo para continuar sao os passageiros e la la la) e ai sim bateu um medinho!!!



    Conversamos com o motorista para tentar descubrir alguma forma de voltar para Cuzco e nossa desposta foi: - No hay como! Nosotros quedamos aquí hasta ma?ana, se quieren continuar el viaje, bajen caminando.



    Alguns Perunanos se mexeram pegando suas malas e indo embora a pé, Cris e eu ficamos meio inseguros de descer pela estrada caminhando atrás de alguma forma de irmos embora, ficamos mais um tempo mas nao aguentamos e resolvemos nos juntar com os Perunanos e ir embaixo da chuva até os outros ônibus que estavam bloqueados na parte de baixo, para ver se algum voltaria para Santa Maria e ai continuaríamos nosso trajeto.



    Mas os deslizes de terra eram tao grandes que nem pessoas conseguiam passar, entao: barranco a baixo! E quando eu digo barranco, é BARRANCO! Imagina estar subindo ou descendo a Serra e a estrada estar bloqueada e a única maneira de sair dali é descendo o matagal!



    Descemos nos agarrando nas plantas e escorregando no barro. Nao esqueçam que estava chovendo, frio e o barranco era "verticalísimo". E nós, mesmo com nossa super capa de chuva de 0.50 centavos de dólares ( neste momento toda furada pelas plantas e espinhos. Claro! Nao eram plantas normais, elas faziam questao de ter espinhos enormes) estavamos encharcados e com barro até o joelho! E viva o cuturno, meu pé estava sequinho ( e viu como nao valia apena lustrar meus cuturnos?)



    Vinte minutos depois estávamos lá em baixo com uma platéia de peruanos ( só faltou os aplausos). Fiquei impressionada como eles nao se importam com nada, se ficassemos 2 dias ali esperando eles arrumarem as ruas, nao haveria nenhum protesto, nenhuma reclamaçao?.nada!!!! Eles simplismente ficam nos seus bancos esperando.



    Sem contar que no final do barranco para chegar na estrada tivemos que descer em uma escada posta ali pelos "engenheiros da estrada", e lá vai dona Mona de bunda para os Peruanos!



    Plash plash plash! Agora sim vieram as palmas! ( risos?)



    Suspiros! Cegamos, agora é só conseguir ou esperar um ônibus que vá até Santa Maria, e aí sim começou a indiada: eram turista querendo voltar e os peruanos esperar, era um gritando, bebe chorando, outro correndo?



    A policía até ameaçou uns turistas que encontramos lá em baxio que teriam problemas na saida do Peru se continuassem enchendo o saco.



    O mais foda de tudo isso foi que a empresa que nos vendeu as passagem já sabiam que as estradas estavam bloqueadas, porque os deslizes começaram no domingo e compramos as passagem na segunda! All for Money!



    Resolvermos entao continuar caminhando até a próxima cidadezinha, risos, mais de 3 horas caminando na chuva, nós e mais um menino e uma senhora que foram junto. Que inclusive foram uns amores!!!



    Bom, obviamente que a chuva aumentou quando começamos a caminhar e o frio era de morrer, nossas capas de chuva já nao tapava quase nada.



    Cortamos caminhos por mais barrancos e barrancos e dele descer a Serra!



    Chegamos! Até que enfim, junto com uma curva vi uma casinha, chegamos, chegamos, e claro a chuva parou neste exato momento e abriu um solaço!!!



    Ao terminar a curva:



    - Ué? Cad? o resto?



    O "Pueblo" era de 2 ou 3 casinhas, sem telefone, sem taxi, sem ônibus, sem van, sem restaurante, sem nada. Isso já era terça feira as 4 da tarde, a última coisa que tinhamos comido foi na segunda ao meio dia!



    Nossos amigos continuaram a caminhada porque a senhora tinha que ir até o acampamento dos trabalhadores, Cris e eu ficamos ali tentando ser otimistas e esperar algo transportável para irmos embora dali.



    E acreditem ou nao, apareceu!!!!



    Dois taxis apareceram nesse mini-povoadinhozinho que foram massacrados pelos turistas que estavam na mesma situaçao que agente. Nao tive nem tempo de perceber que era um taxi que ele ja estava dando a volta com gente até no teto!



    Resolvemos continuar caminando, afinal ia escurecer e estar ali era pior

    (ou nao).



    Caminha, caminha, caminha e ploft ploft faziam nossos pés, sim, até meu cuturno reprovou na molhadeira, mas também, tinham cachoeiras e cascatas no meio da estrada!!! E tinhamos que atravessar, nao tinha como pular, foi pisando mesmo!!!! Chegou uma hora que já nem nos importavamos, aproveitavamos o rio no meio da estrada para limpar os sapatos! Risos?.



    Estavamos: "como una Sopa!" Como dizem os espanhois!



    Caminha, caminha, caminha?. E nada?só montanhas, montanhas, estradas e caminhoes que carregavam terra que nao davam carona de maneira nenhuma.



    (?)



    E lá longe no horizonte?Cristhian e eu já arrastando os pés?apareceu algo branco?

    ?..já nao conseguiamos descifrar o que era: outro caminhao?? Um aviao?? O super homem? Hauha, ou melhor: o Chapolin Colorado?



    Nao!

    Nao!



    Era um TAXI!



    E com nossos amigos dentro que estavam voltando ao mini mini pueblito para nos buscar!!! Ainda bem que eles apareceram porque passamos por muitos pueblos de 3 ou 4 casinhas, voltou a chover e a cidade mais perto, Quillabamba, era mais de 3 horas de viagem. Imagina se fossemos caminhando, chegariamos as 5 da manha!



    Bom, chegamos e jantamos com nossos queridos amigos e fomos para um hotel, e até que enfim um banho quentinho!!! Passei na farmacia para comprar pente, desodorante, shampoo, sabonete, e etc, porque nao podem esquecer que nossas mochilas estavam em Cuzco!



    - Haaaaaa!! CRISSS!! Nao tem agua quente!!!!!!



    Banho geladíssimo e cama! Eca! E que cama? Sem contar a toalha?.



    Acordamos as 4:30 da manha e fomos ao Terminal pegar uma van até que enfim para Santa Maria! ( detalhe: com a mesma roupa). A van só saia as 6:oo e ficamos ali sentados, sentido o cheiro de cebola que havia até chegarmos no nosso destino.



    Chegamos, e? Quem disse que seria fácil, que teria ali já parado um ônibus que nos levássemos até Santa Tereza!!!!Óbvio!!! Nao tinha mais onibus pela manha, e nao queriamos mais perder tempo entao pagamos uma fortuna para um taxista nos levar até Santa Tereza. Encontramos um casal chegando que queria ir também, entao dividimos o taxi e fomos juntos.



    Foram 2 horas de estrada de chao e aí chegamos, agora é só atravesar o rio. Pegar o ônibus para a hidroelétrica, caminhar até Águas Calientes, e ai: Machu Pichu!



    O rio?o rio! Como vou explicar? primeiro o rio estava de ressaca e haviam pedras imensas. Era uma corda e um lado para o outro com uma casinha de madeira de menos de um metro, sem teto e sem paredes, só umas grades a 20 metros de altura e uns 60 metros de caminho até o outro lado. Sentavas aí neste chaozinho de madeira mofada e puxava uma segunda corda, até o outro lado!!! ( estou sem fotos disso comigo, assim que me enviarem eu reenvio).



    Pegamos entao o ônibus fedido a cocô, porque era um transporte de vacas e cavalos..risos e fomos até a hidroelétrica. E ai cometamos a caminhar outra vez: 3 horas para fazer 8 km! Imaginem!



    Chegamos em Águas Calientes exaustos as 13:15 e o último ônibus que subia para Machu Pichu era as 13:30. Pagamos e fomos sentadinhos. Ninguém mais tinha condiçoes nenhuma de caminhar, ainda mais subir morro!



    E ai chegamos: MACHU PICHU! Que nao preciso nem descrever, certo?
    ( logo coloco as fotos)



    E em breve a continuaçao da volta a Cuzco!!!
    ( fotos no meu flog. a esquerda deste site em cima tem um link, na foto do
    caminho de santiago, onde tem eu e uma cruz)



    machu pichu


    lindo.lindo

    12:13

    mona carvalho

    icq: 78152309 msn: mona.monixa@hotmail.com

    " antes sem modos do que seguir a moda"

    E-mail: monixa@gmail.com / mcarvalho@caxias.rs.gov.br




    Mona Carvalho

    Criar seu atalho


    ... this is the end... ... my only friend... the end.

    This page is powered by Blogger.